Conserto de dique nos EUA não significa retomada da construção do muro na fronteira com o México

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Publicações nas redes sociais afirmando que o presidente norte-americano Joe Biden está retomando a construção do muro na fronteira com o México foram compartilhadas mais de 28 mil vezes desde o último 13 de maio. O governo dos Estados Unidos, de fato, está consertando o dique de inundação do Vale do Rio Grande porque as obras de barreira anteriores causaram danos significativos, mas as autoridades garantem que essa obra no Texas não se trata de uma retomada do projeto do muro.

“Após a crise migratória, Biden retoma a construção do muro de Trump (...) Ué mudou de ideia?”, diz o texto de uma das publicações compartilhadas no Facebook (1, 2, 3), no Instagram (1, 2, 3), no Twitter (1, 2) e em sites (1, 2)

Algumas versões do conteúdo, que também tem circulado em inglês (1, 2) e espanhol (1), detalham: "o democrata garante que não se trata de continuação do muro mas sim o conserto de um 'dique de inundação'".

Captura de tela feita em 20 de maio de 2021 de uma publicação no Facebook

Em 20 de janeiro de 2021, Joe Biden assinou um decreto interrompendo a construção do muro na fronteira com o México. O atual presidente tem enfrentado críticas de oponentes políticos que atribuem o aumento de migrantes sem documentos que tentam cruzar para os Estados Unidos ao fato de o presidente reverter várias das políticas de imigração de seu antecessor, Donald Trump. Algumas publicações, inclusive, relacionaram a suposta retomada da construção do muro a uma previsão de chegada de 2 milhões de imigrantes até o final deste ano. 

No entanto, autoridades do governo americano indicam que não houve uma retomada da construção do muro, mas obras de reparo no sistema de barreira contra enchentes.

Em 30 de abril, o Departamento de Segurança Interna (DHS) anunciou "as etapas iniciais para proteger as comunidades fronteiriças de perigos físicos resultantes da abordagem da administração anterior para a construção do muro de fronteira"

“A construção sob a administração anterior abriu grandes buracos no sistema de barreira contra enchentes do Vale do Rio Grande para abrir caminho para um muro de fronteira”, disse o documento, acrescentando que o trabalho de reparo “não envolverá a expansão da barreira de fronteira”.

O Usace, Corpo de Engenheiros do Exército dos Estados Unidos, também tuitou uma resposta a uma postagem agora excluída do correspondente da Fox News, Bill Melugin, afirmando que "a construção de paredes permanece pausada até o limite permitido por lei".

Captura de tela feita em 20 de maio de 2021 de publicações no Twitter
Tradução e adaptação
Política dos EUA