O grupo musical visto na gravação não estava xingando Lula, mas cantando em francês

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Publicações nas redes sociais contendo um vídeo do ex-presidente Lula com a alegação de que ele foi chamado de “filha da puta” por um grupo musical em sua viagem a Paris foram compartilhadas mais de 29 mil vezes ao menos desde o último dia 8 de dezembro. Isso é falso. A sequência, registrada em 16 de novembro de 2021, foi feita no instituto de educação superior parisiense Sciences Po e o conjunto “Batuka Sciences Po” cantava, em francês, “C'est la batuka / Sciences Po Paris”.

“Deu ruim pro cachaceiro. Achou que ia ser homenageado na Europa” e “Ex Presidiário recebe homenagem desagradável e sai frustrado!”, dizem as legendas de publicações viralizadas no Facebook (1, 2, 3), no Instagram (1, 2, 3), no Twitter (1, 2, 3) e no YouTube (1), acompanhadas do vídeo em que Lula é supostamente xingado.

Na sequência há as seguintes frases sobrepostas às imagens, na parte de baixo da tela, na intenção de descrever o que está sendo visto: “atenção para o grupo da batucada”, “filha da puta”, “pensou… pensou…” e “retirou-se decepcionado”.

Captura de tela feita em 9 de dezembro de 2021 de uma publicação no Facebook ( . / )

As publicações afirmam que o conjunto musical teria xingado o ex-presidente, que governou o Brasil de 2003 a 2010, enquanto ele assistia a apresentação. Posteriormente, em reação a isso, Lula teria saído.

Mas essa é uma transcrição enganosa do que é dito no vídeo.

Uma busca no Google pelas palavras-chave “Lula + samba + recepção” levou ao perfil da universidade Sciences Po no Twitter, que mencionava a chegada do ex-mandatário à instituição e a apresentação do “Batuka Sciences Po”.

No perfil do grupo musical no Instagram, inclusive, pode-se encontrar o vídeo da apresentação completa.

Uma jornalista francesa da equipe de checagem da AFP assistiu à sequência e identificou que o conjunto não xingava o ex-presidente, mas sim dizia “C'est la batuka / Sciences Po Paris”. O trecho em questão pode ser visto aos 2 minutos e 17 segundos do vídeo original.

Os dizeres “C'est la batuka / Sciences Po Paris” são frequentemente entoados pelo grupo, que inclusive as utiliza na descrição em seu Instagram, e o mesmo canto foi identificado em em outras apresentações (1, 2).

Captura de tela feita em 9 de dezembro de 2021 do perfil do Batuka Sciences Po Paris no Instagram ( . / )

Um usuário do Instagram perguntou o que eles estavam falando no vídeo, ao indicar que o mesmo estava circulando em português com legendas com xingamentos ao ex-presidente, ao que o perfil do grupo musical respondeu, em inglês: “Isso é ‘fake news’. Estamos apenas falando ‘c’est la batuka’, que significa ‘é a batuka’, o nome da nossa batucada”.

Em 16 de novembro de 2021, Lula foi à instituição parisiense dar uma palestra com o tema “Qual o lugar do Brasil no mundo de amanhã?” (1, 2).

O vídeo que viralizou legendado incorretamente, com menos de dois minutos de duração, pode ser encontrado no perfil de Lula no Twitter com a descrição “Chegada de Lula no Instituto Sciences Po em Paris”.

10 de dezembro de 2021 Atualiza com explicação do grupo Batuka Sciences Po em um comentário no Instagram