( .)

Uma foto no aeroporto de Cabul não mostra uma explosão em 26 de agosto, ela foi tirada dias antes

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Uma imagem em que é possível ver a asa de um avião e uma nuvem de poeira ao fundo circula em 26 de agosto de 2021 nas redes sociais como se mostrasse uma das explosões que foram registradas neste dia perto do aeroporto de Cabul. A fotografia, da AFP, retrata o aeroporto afegão, mas 10 dias antes do ataque.

"Explosão no aeroporto de Cabul deixa vítimas. Uma explosão aconteceu perto de um dos portões do aeroporto Cabul. Fotos de mídia social indicam que há vítimas, fala-se em pelo menos 13 mortos e 60 feridos, incluindo crianças, pelo menos três soldados dos EUA teriam sido feridos", escreveu uma página no Facebook (1, 2, 3) em postagem que acompanha a imagem.

A fotografia também circulou em inglês e espanhol.

Captura de tela feita em 26 de agosto de 2021 de publicação no Facebook ( .)

A foto foi divulgada depois que explosões foram registradas em 26 de agosto perto do aeroporto de Cabul, onde as evacuações feitas por países ocidentais continuam após a ascensão do Talibã ao poder em 15 de agosto.

No entanto, a imagem foi feita por um fotógrafo da AFP e, embora mostre o aeroporto de Cabul, é de 16 de agosto, dez dias antes das explosões.

A descrição da imagem, que não faz menção a uma explosão, detalha que naquele momento, um grupo de pessoas esperava no terminal aéreo para poder fugir do país.

Wakil Kohsar, fotógrafo da AFP e autor do registro, disse que a nuvem de poeira que se vê ao fundo da imagem foi produzida pelo movimento de um helicóptero militar estadunidense.

Soldados dos EUA montam guarda enquanto afegãos esperam no aeroporto de Cabul, em 16 de agosto de 2021 ( AFP / Wakil Kohsar)

O regime Talibã já comandou o Afeganistão entre 1996 e 2001. O período foi caracterizado por reiteradas violações dos direitos humanos, especialmente contra mulheres, além de execuções e amputações públicas.

Diante da escalada do Talibã, os Estados Unidos e seus aliados começaram a evacuar seus cidadãos, bem como os afegãos que colaboraram com seus governos. O Talibã fixou o prazo de 31 de agosto para conclusão dessas operações.

Foi nesse contexto que ocorreram as explosões, causando pânico entre os afegãos que se reuniam do lado de fora do terminal do aeroporto na esperança de escapar do regime do Talibã.

27 de agosto de 2021 EDIT: Adiciona metadados às imagens
Afeganistão