( . / )

É uma montagem o vídeo em que menino exalta Bolsonaro na frente de Lula

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Um vídeo em que uma criança sobe ao palco de um evento com a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e, em frente ao político, diz que o Brasil estaria quebrado “se não fosse Bolsonaro” foi visualizado mais de 1,5 milhão de vezes desde o último dia 27 de agosto. O áudio da gravação foi, no entanto, manipulado. Na transmissão ao vivo da cerimônia, é possível ver que o menino disse, na verdade: “Se não fosse o Bolsonaro estar no lugar de Lula, nosso país iria estar salvo, porque Lula é o melhor de todos”. 

No vídeo compartilhado no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube, um menino usando máscara de proteção contra a covid-19 parece dizer, ao lado do ex-presidente Lula (2003-2010): “Boa tarde, companheiros e companheiras. Tudo bem? Se não fosse o Bolsonaro estar no lugar de Lula, nosso país iria estar quebrado. E é sério. Eu estou falando uma verdade. Esse que é o verdadeiro guerreiro”

“Dá um troféu pra esse mito. Menino acabou com a festa dos companheiros do Lula”, diz a legenda de uma das publicações. “Criança não mente”, escreveu outro usuário. 

O conteúdo foi amplamente compartilhado por aliados do presidente Jair Bolsonaro, como os deputados federais General Girão (PSL - RN) e Bia Kicis (PSL - DF), assim como pelo deputado estadual Bruno Engler (PRTB).

Captura de tela feita em 30 de agosto de 2021 de uma publicação no Facebook ( . / )

O áudio do vídeo compartilhado nas redes foi, no entanto, manipulado para alterar o sentido da fala do menino. 

Ao fundo da gravação viralizada é possível ver o nome do evento onde as imagens foram gravadas: “Movimento Social Negro da Bahia na luta com Lula”. Uma busca no Google por essas palavras-chave levou à transmissão ao vivo da cerimônia, disponibilizada nos perfis de Lula no Facebook e no YouTube em 26 de agosto de 2021. 

O AFP Checamos assistiu à íntegra da fala da criança. O sentido de sua declaração é exatamente o contrário do alegado nas redes. 

A partir de 1 hora e 23 minutos da transmissão ao vivo, é possível ouvi-lo dizendo: “Boa tarde, companheiros e companheiras. Tudo bem? Hoje eu vou falar que Bolsonaro está destruindo o nosso país. Se Bolsonaro não entrasse, se Bolsonaro destruir nosso país, nosso país vai estar quebrado. Se não fosse o Bolsonaro estar no lugar de Lula, nosso país iria estar salvo, porque Lula é o melhor de todos. Nosso metalúrgico, nosso presidente, nosso guerreiro dos negros. Vamos todos gritar, guerreiro dos negros!”

Ele continua: “Esse racista só sabe discriminar negros, esse genocida só mata as pessoas. Ele sempre anda com sangue nas mãos. Sem noção. E é sério, eu estou falando uma verdade. Esse genocida continua matando, ele mata e não quer nem saber de pensar no próximo para ajudar. Ele odeia, sabe o que? Os pobres que não tem nem uma casa, nem dinheiro. Se fosse que nem Lula, o país estaria salvo, mas não. Parece até o guerreiro que mata tudo. Esse que é o verdadeiro guerreiro”

Em seguida, a criança entrega um presente a Lula e abraça o ex-presidente. 

Também participaram do evento a deputada federal e presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e o senador Jaques Wagner (PT). Ambos também transmitiram a cerimônia ao vivo em suas contas no Facebook (1, 2). Nos dois registros, a fala do menino é a mesma que pode ser ouvida na transmissão de Lula. 

No último dia 27 de agosto, o ex-presidente publicou fotos do evento, incluindo uma em que posa com o menino dos vídeos viralizados. 

O evento faz parte de uma viagem de Lula pelo Nordeste, iniciada no último dia 15 de agosto.