Vídeos não mostram Lula e Gleisi Hoffmann sendo atacados com ovos em julho de 2021

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Publicações que asseguram que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ou o PT foram “recebidos com ovos” em Santa Catarina em 3 julho de 2021 foram visualizadas dezenas de milhares de vezes em redes sociais desde o mesmo dia. As postagens são baseadas, no entanto, em imagens gravadas em março de 2018, quando Lula viajava pelo sul do país em preparação para a campanha presidencial daquele ano. Não há registro de que caso semelhante tenha ocorrido em julho de 2021. 

“PT FOI RECEBIDO COM OVOS 3/7/2021”, diz texto sobreposto a um vídeo visualizado mais de 180 mil vezes no Facebook (1, 2, 3), Twitter e Instagram

A gravação é composta por registros de dois momentos diferentes. Primeiro, a presidente do PT e deputada federal, Gleisi Hoffmann, é vista falando em um palanque enquanto ovos são lançados em sua direção. Depois, são exibidas imagens de pessoas jogando ovos contra um ônibus em uma estrada. 

Publicações semelhantes afirmam que o ataque teria sido diretamente contra o ex-presidente Lula e são ilustradas com um segundo vídeo em que ovos são lançados contra o ex-mandatário. “Lula  foi recebido com uma chuva de ovos ontem em Santa Catarina”, diz uma das postagens

Capturas de tela feitas em 5 de julho de 2021 de publicações no Facebook e Twitter

Alguns usuários detalham que o caso teria acontecido “na manifestação” de 3 de julho de 2021. Nesse dia, milhares de pessoas foram às ruas nas principais capitais do país protestar contra o governo do presidente Jair Bolsonaro. 

Os vídeos compartilhados nas redes não são, contudo, atuais.

Março de 2018

Uma busca no Google pelas palavras-chave “Lula”, “ovos” e “Santa Catarina” mostra que o vídeo em que o ex-presidente está em destaque foi publicado pelo canal de notícias Uol no YouTube em 26 de março de 2018. 

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) precisou da proteção de guarda-chuvas para não ser atingido por ovos que eram jogados de um prédio localizado próximo à praça onde ele discursava na noite deste domingo (25), em São Miguel do Oeste (SC)”, indica a descrição do vídeo no YouTube. 

De fato, Lula transmitiu as mesmas imagens em sua conta oficial no Facebook em 25 de março de 2018. 

No vídeo de mais de uma hora transmitido pela conta de Lula é possível identificar Gleisi Hoffmann com a mesma roupa e ao lado das mesmas pessoas vistas na gravação que ilustra algumas das outras publicações viralizadas. 

Uma busca na conta de Hoffmann por menções à cidade de São Miguel do Oeste demonstra que a presidente do PT também publicou as imagens em que ela aparece em destaque em 25 de março de 2018. 

Naquele dia, Lula, Hoffmann e outras lideranças do PT participaram de um comício na cidade catarinense como parte de uma caravana do ex-mandatário pelo sul do Brasil. A viagem, que antecedeu a campanha presidencial daquele ano, foi marcada por episódios de violência, inclusive com ataques contra veículos da comitiva de Lula. 

O terceiro vídeo que compõe as postagens viralizadas, de pessoas jogando ovos contra um ônibus verde, também circula desde essa época, como demonstrado nesta outra verificação da AFP. 

Em março de 2018, o PT indicou, no entanto, que o veículo atingido não era da comitiva de Lula, mas um ônibus de linha que foi confundido por manifestantes na cidade de São Miguel do Iguaçu, no Paraná.

Contactada pela equipe de checagem da AFP em maio de 2021, para outra checagem, a assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Paraná confirmou que o ônibus em questão não fazia parte da caravana: “Era um ônibus de linha regular (Rio de Janeiro - Foz do Iguaçu)”

Ainda indicou que, por este caso, “foi registrado Boletim de Ocorrência Policial e encaminhado para a Polícia Civil, que registrou crime de dano”.

Avenida Paulista e São Bernardo do Campo

A equipe de checagem da AFP não encontrou qualquer registro de que episódios semelhantes tenham ocorrido em julho de 2021. 

Na verdade, na data citada nas publicações viralizadas, Gleisi Hoffmann estava na Avenida Paulista, em São Paulo, participando de uma das manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro. Sua presença pode ser confirmada em fotos publicadas em sua conta no Twitter, assim como em matérias de veículos jornalísticos.

Procurada pela equipe de checagem da AFP, a assessoria de imprensa do ex-presidente Lula informou que ele estava em São Bernardo do Campo em 3 de julho de 2021 e que não participou de nenhum ato público no dia. 

A AFP já verificou outros vídeos da caravana de Lula pelo sul do Brasil que foram tirados de contexto (1, 2).