ÁSIA-PACÍFICO

Checamos as afirmações sobre a lei de aborto aprovada na Nova Zelândia

Publicado em 19/01/2021 às 20:54

Publicações que somam mais de 3 mil compartilhamentos nas redes sociais ao menos desde o último dia 7 de janeiro afirmam que a Nova Zelândia aprovou o aborto até o nascimento e que essa nova lei abre o caminho para uma “seleção sexual e eugenia”. Essas alegações, contudo, carecem de contexto, já que, embora permitido e considerado uma questão de saúde pública, não mais como um crime, o aborto no país acontece sob determinadas condições médicas e legais.