ÁFRICA

Ministro sul-africano criticou restrições de viagens, não negou existência da variante ômicron

Publicado em 02/12/2021 às 19:44

Dois dias após ser anunciada a detecção de uma nova variante da covid-19 na África do Sul, em 25 de novembro de 2021, usuários passaram a compartilhar um vídeo em que o ministro da Saúde do país, Joe Phaahla, supostamente nega a existência da mutação. Isso é falso. Na gravação, Phaahla apenas afirma que ainda não há confirmação de que a variante, denominada ômicron, seja resistente às vacinas e que, por isso, considera inadequadas as restrições de viagem impostas à África do Sul. Ao contrário do alegado nas redes, o ministro tem falado abertamente sobre a presença da mutação no país.