ÁFRICA

Nelson Mandela não convidou um guarda que o torturou na prisão para a sua mesa

Publicado em 02/02/2021 às 18:24

Um texto que narra um suposto convite feito pelo ex-presidente sul-africano Nelson Mandela para comer em sua mesa a um guarda que o torturou e humilhou durante a sua prisão foi compartilhado mais de 14,7 mil vezes nas redes sociais ao menos desde junho de 2020. Mas um especialista e membros da Fundação Nelson Mandela afirmaram que a anedota é apócrifa. Em vida, Mandela falou das privações sofridas na prisão, mas nunca disse ter sido vítima de tortura.